-A A +A
São Mateus - ES

I Curso de Extensão em Assistência de Enfermagem na Prevenção e Tratamento de Lesões de Pele

09 de Dezembro de 2016

De 8h às 18h
Local: Auditório do Hospital Meridional

Site do Curso
Link para inscrições

Apresentação e Justificativa do Curso:

A pele é o maior órgão do corpo e é uma barreira protetora contra microrganismos causadores de doenças. As lesões de pele trazem risco à segurança e tem processo de cura lento, além de um tratamento custoso para o sistema de saúde e para vida do portador de lesões de pele, quer agudas ou crônicas (POTTER; PERRY, 2013).

Durante uma internação hospitalar a pele é alvo de diversos procedimentos médicos e de enfermagem e uma das consequências mais comuns dessa manipulação somada a uma longa permanência no hospital é o o aparecimento de alterações de pele. A incidência aumenta proporcionalmente à combinação de fatores de riscos, dentre eles, idade avançada e restrição ao leito. A manutenção da integridade da pele dos pacientes restritos ao leito tem por base o conhecimento e a aplicação de medidas de cuidado relativamente simples que tem validade tanto para as lesões pressão como para quaisquer outras lesões da pele (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2013).

Contudo, essas medidas ainda têm pouca aplicabilidade e efetividade nos hospitais do país. Nesse contexto, as lesões por pressão tem sido alvo de grande preocupação para os serviços de saúde. Segundo dados da National Pressure Ulcer Advisory Panel (NPUAP), no EUA, a prevalência de lesões por pressão em hospitais é de 15% e a incidência é de 7%. No Reino Unido, casos novos de lesão por pressão acometem entre 4% a 10% dos pacientes admitidos em hospital. No Brasil, embora existam poucos trabalhos sobre incidência e prevalência das lesões por pressão, um estudo realizado em um hospital geral universitário evidenciou uma incidência de 39,81% (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2013).

Diante da magnitude e gravidade desse problema de saúde pública, a Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente (REBRAENSP) participou da construção da cartilha 10 Passos para a Segurança do Paciente juntamente com o Conselho Regional de Enfermagem do estado de São Paulo (COREN- SP) no qual o nono passo é a prevenção de lesões por pressão. Esse material reforça que se faz necessário a avaliação periódica dos riscos que cada paciente apresenta para a ocorrência de lesões por pressão e orienta os profissionais a desenvolver estratégias para sua prevenção. A melhoria da qualidade na prevenção e tratamento de lesões de pele é possível, contudo é necessário, entre outros aspectos, o desenvolvimento das competências e habilidades da enfermagem no manejo da pele do paciente (COREN-SP; REBRAENSP, 2010).

Corroborando com essa necessidade, verifica-se um que as pesquisas sobre prevenção e tratamento de feridas recebem grande destaque nas publicações de enfermagem, demonstrando o importante papel e responsabilidade do enfermeiro, devendo este avaliar o paciente e sua lesão, prescrever o cuidado mais adequado, além de orientar e supervisionar a equipe de enfermagem na execução do curativo. Portanto, é necessário que esse profissional perceba que essas competências são intrínsecas ao seu cotidiano. Adquirir conhecimentos básicos sobre prevenção e cuidados de paciente com feridas e manter-se atualizado com as evoluções recentes e as recomendações de práticas baseadas em evidências torna-se um desafio para os enfermeiros que prestam assistência direta ao paciente, bem como para aqueles que gerenciam o cuidado (FERREIRA, et al., 2014).

Nesse sentido, justifica-se a importância de capacitar o enfermeiro e os acadêmicos de enfermagem no que tange à avaliação da integridade da pele, bem como o manejo com os cuidados e prevenção de lesões, visto ser uma das atividades de grande relevância na atuação da enfermagem. Planejar e avaliar intervenções adequadas para a prevenção e tratamento de lesões de pele está no escopo das competências e habilidade no processo de cuidar do enfermeiro.

Objetivos Gerais: Capacitar os enfermeiros assistenciais da região norte do Espírito Santo e os acadêmicos da Universidade Federal do Espirito Santo campus São Mateus para atuarem na a prevenção e tratamento de lesões de pele dos usuários do sistema de saúde da região.

Objetivos Específicos:

  • Capacitar os enfermeiros da região sul nos campos de prática do curso de enfermagem Ceunes/ UFES e campos com potencial para práticas futuras no que tange à avaliação das lesões de pele, avaliação de riscos para lesão de pele.
  • Instrumentalizar os enfermeiros da região para implantação de protocolo de prevenção de lesão de pele, bem como implementação de protocolo de tratamento de lesões de pele.

Público-alvo:

Discentes do curso de enfermagem do departamento de ciências da saúde do CEUNES a partir do quarto período do curso;

Enfermeiros inseridos nos serviços de saúde de São Mateus que são cenários de prática dos discentes do curso de Enfermagem a saber: Prefeitura Municipal de São Mateus, Maternidade de São Mateus, Hospital Roberto Silvares. Além desses, será ofertado vagas para o Hospital Meridional visto a perspectiva de parceria futura como campo das práticas de enfermagem.

 

PROGRAMAÇÃO

8h às 8h15: Recepção, credenciamento e abertura – Prof.ª Me. Andressa Garcia Nicoli.

8h15 às 9h: Anatomia e fisiologia da pele e anexos – Prof.ª Me. Angelina Rafaela Debortoli Spinassé.

9h às 9h45: Lesão por pressão - patogenia, fatores causais e associados, classificação de risco e estadiamento - Profª Milânia Effgen Caran.

9h45 às 10h: INTERVALO - Coffee break.

10h às 11h: Cuidados com a pele do recém-nascido e da criança – Profª Me. Suzana Antônio.

11h às 12h30: Protocolos de prevenção de lesões de pele – Enfermeira Flávia Rodrigues.

12h30 às 13h30: INTERVALO - Almoço.

13h30 às 15h: Técnicas básicas de curativo e aplicação prática, avaliação de feridas e escolha da cobertura ideal – Profª Me. Paula Freitas.

15h às 15h30: Controle de infecção hospitalar no tratamento – Drª Micheli Boni.

15h30 às 15h45: INTERVALO - Coffee break.

15h45 às 17h45: Coberturas especiais e avanços tecnológicos no tratamento de feridas – Enfermeira Anne Rocio.

17h45 às 18h: Encerramento.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia BR 101 Norte, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-900